Wikia

Wiki ELQUI

Resenha O menino no espelho

Discussão0
61 pages em
Este wiki

Está legal. Muito bem. Léa Colégio Técnico da Escola de Educação Básica e Profissional da UFMG

Dupla: Gabriel Barreto Lacerda e Júlia Parreiras Matos. Turma: 102.

Disciplina: Português. Data: 15/04/2011. Profª.: Lea Puta. O Menino no Espelho


Fonte: 21217996.jpg

OK. E O TÍTULO. O QUE VOCÊS PENSAM: É NECESSÁRIO OU NÃO DAR TÍTULO A UMA RESENHA?


O livro “O Menino no Espelho” é um romance escrito pelo escritor mineiro Fernando Tavares Sabino e que teve sua 1ª edição em 1982. O exemplar a que tivemos acesso é da 18ª edição e contém desenhos de Carlos Scliar. A editora é a Record e essa edição data do ano de 1984.

Nessa obra, a narração é feita em 1ª pessoa, ou seja, o narrador é o personagem principal e relata suas aventuras. Mas quem é esse protagonista da história? É o próprio Fernando. Sabino relata suas lembranças da infância cheias de fantasia e vividas na cidade de Belo Horizonte durante a 1ª metade do século XX, o que torna essa estória um convite para viajarmos no passado, para o tempo em que Belo Horizonte era uma cidade relativamente pouco habitada e pacata, onde as crianças ainda brincavam em todos os lugares sem correr o menor risco.

Estas lembranças são contadas com muita simplicidade e os acontecimentos são descritos de acordo com a imaginação do autor quando ele tinha apenas oito anos. As histórias são cheias de fatos surpreendentes e fantasiosos como, por exemplo, o dia em que Fernando tirou um menino idêntico a ele do espelho. Esperto que só ele, Fernando passou a ser substituído por Odnanref (menino que saiu do espelho), ele ia à escola ao invés de Fernando e chegava até a tomar remédios em seu lugar quando necessário. Porém, Odnanref era apenas o reflexo de Sabino no espelho.

Além disso, são relatadas várias aventuras da infância do autor como o dia em que ele voou pelo céu de Belo Horizonte ou quando ele salvou uma galinha da morte, deu à ela um nome e esta foi sua amiga por muitos anos, até morrer de velhice. As histórias contadas nos dez capítulos do livro são cheias de aventura e a obra conta, também, com um prólogo e um epílogo que enriquecem a narrativa.

A simplicidade como os fatos são relatados e a imaginação que nunca pensamos encontrar em um adulto nos chamaram a atenção nessa obra. A essência da infância foi relatada como nunca havíamos visto anteriormente e foi possível perceber que o autor sente muita saudade dessa época de sua vida. Ele nos faz refletir sobre o valor da imaginação e sobre a inocência de uma criança. Enfim, o livro é fantástico e, realmente surpreendente, recomendamos a todos os que desejam mergulhar em uma história cheia de emoção.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória